É um desenho animado da Filmation sobre o Homem Morcego e seus amigos Robin, Batgirl e Batmirim, combatendo vilões como Coringa, Pinguim e Charada.

Emissora: CBS.
Emissora no Brasil: Rede Globo e TV Record.
Transmissão Original: de 10 de fevereiro de 1977 a 28 de maio de 1977.
Duração: 25 minutos.
Temporadas: 1 (16 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Filmation Associates.

O Desenho.


Dando sequência as aventuras animadas do Homem-Morcego que haviam sido canceladas em 1968, a Filmation Associates resolveu resgatar Batman e seu fiel Menino Prodígio, que estavam fazendo sucesso na série Super-Amigos e atuando como convidados especiais de Scooby-Doo (através dos estúdios Hanna-Barbera) e lançou As Novas Aventuras de Batman.

O desenho foi originariamente apresentado nos Estados Unidos, a partir do dia 10 de fevereiro pela rede CBS, sendo exibido junto com episódios de Superman/Superboy antigos. Em 1979, a série foi reorganizada em episódios de 30 minutos cada, sem o Superman/Superboy e recebeu o nome de The Adventures of Batman and Robin the Boy Wonder.

Como a série seria apresentada aos sábados pela manhã e tendo portanto, uma quantidade maior de público infantil, os produtores resolveram introduzir algumas modificações, como a retirada de cenas violentas, por exemplo, e em seu lugar criaram “engenhocas” que eram utilizadas por todos, mocinhos ou bandidos.

O desenho contou com traços mais caprichados do que a versão anterior e uma animação mais qualificada, sendo utilizadas novas tecnologias, novos personagens e cenários de fundo renovados, já que o desenho atingiria um público maior ao ser exibido aos sábados pela manhã.

A trilha sonora que embalou a dupla dinâmica na década de 1960 também era outro ponto forte, assim como as vozes de Batman e Robin que eram feitas por Adam West e Burt Ward, o que, para nós que assistíamos na “versão brasileira AIC-São Paulo” não fazia a menor diferença.

A História.


Nessa segunda versão animada de Batman e Robin, o enredo continua sendo o mesmo das histórias de sucesso da dupla, eles têm que limpar as ruas de Gotham City de sujeitos perversos como o Coringa, o Pinguim, o Charada, a Mulher-Gato, Senhor Frio, entre outros vilões. Para isso eles contam com o apoio do Comissário Gordon e de sua filha Bárbara que de vez em quando tira o uniforme de Batgirl do guarda roupa e parte para combater o mal em sua Batmoto.

O destaque do programa, no entanto, ficou por conta de um novo personagem, o amigo atrapalhado de Batman chamado Batmirim, um duende da Quinta Dimensão que apronta mil confusões e sempre acaba ajudando Batman, Robin e Batigirl a prender os bandidos. O personagem que tinha uma verdadeira adoração pelo Batman e considerava ele o seu herói, havia aparecido nos anos 50 nas aventuras espaciais de Batman nos quadrinhos.

Entre os novos vilões estava o Clayface. Apenas o Charada não participou do seriado, para tristeza dos fãs. Mas para compensar foi incluída a Legião do Mal da série Super Amigos, através de uma concessão da Hanna-Barbera que possuíam os direitos sobre esses personagens

No Brasil.


No Brasil o desenho fez um grande sucesso quando exibido pela Rede Globo no Início da década de 1980. Também foi apresentado pela TV Record em meados dos anos 80.

A dublagem ficou a cargo da Herbert Richers que escalou os dois dubladores que vinham fazendo a dupla de protagonistas em Super Amigos, Newton da Matta e Carlos Marques, além de grande nomes da dublagem do Rio como Cleonir dos Santos, Dário Lourenço, Vera Miranda, Orlando Prado e Neuza Tavares.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin