Emissora: Tokyo Broadcasting System.
Emissora no Brasil: Rede Record e TV Gazeta.
Transmissão Original: de 2 de outubro de 1970 a 26 de março de 1971.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 1 (26 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Toei Animation.

O Desenho.


Criado por Daiji Kazumine e Kentaro Nakajiro e produzido pela Toei Company, o desenho Sawamu o Demolidor foi apresentado originalmente no Japão, a partir de 2 de outubro de 1970, num total de 26 episódios, de aproximadamente 30 minutos cada.

A série foi inspirada na vida real de Tadashi Sawamura (leia “Sauamura”), um atleta muito famoso no Japão do final dos anos 60 e início dos 70. O Sawamura real aparece em um episódio da série O Regresso de Ultraman (de 1971), onde faz um rápido treino de combate com o herói Hideki Goh.

Na primeira fase da série, mais curta, Nogushi tenta convencer Sawamu de que o estilo Tai é melhor que o Karatê. Já na segunda fase Sawamu se prepara e entra em combate já como lutador de ShutBox. Sawamu é praticamente contada em “flash-back”.

A História.


No desenho Tadashi Sawamu é um arrogante campeão de caratê, um lutador medíocre mas esforçado que sofre uma humilhante derrota perante Soman, um lutador que estava no Japão para divulgar o boxe estilo tailandês. Ao sair da luta completamente arrebentado, Sawamu toma uma importante decisão: dedicar-se austeramente ao aprendizado da nova técnica, rebatizada de chute-boxe.

Sawamu começa então a dar provas de que para conquistar um sonho era preciso correr atrás, pois durante o treinamento enfrentou inúmeros problemas como falta de verbas para o treinamento, solidão, desavenças e os mais variados combatentes. Ele isola-se nas montanhas de Atsugataki e lembra dos ensinamentos do avô, como se conversasse com ele (isso, aliás, ocorre durante toda a série). Ele retorna mudado, mais maduro. Coincidência ou não, nesse momento houve uma mudança nas vozes que dublavam os personagens.

Quando se sentiu preparado Sawamu desafiou Soman para uma revanche, mas o lutador descobriu que o campeão fora derrotado em apenas um round por um oponente chamado Switton. Sawamu encara o desafio e vence Switton, tornando-se o novo campeão.

Supervisionado pelo treinador Endo, ele é a esperança do empresário Nogushi, em realizar seu sonho de popularizar o estilo Tai, a luta tailandesa. Sawamu vai se tornando uma lenda dos ringues e com o seu terrível golpe “Salto no Vácuo com Joelhada” ele acaba vencendo seus maiores adversários, tais como: o campeão Switton, Bokotton “O Homem de Ferro” e o terrível Ponshai Sheriakan “O Lagarto de Fogo” que era o maior lutador da Tailândia até que Sawamu lutou contra ele e empatou. No último episódio da série, Sawamu venceu Ponshai, numa luta espetacular.

Não há como deixar de mencionar um episódio no qual Sawamu aplica o golpe e o outro lutador morde seu joelho, quebrando todos os dentes. No final, há uma confraternização comemorando a vitória de Sawamu com um churrasco. O problema é que o lutador banguela chega para a festa e fica tentando roer um pedaço de carne com as gengivas.

No Brasil.


No Brasil, onde foi sem dúvida alguma um dos maiores sucessos nas décadas de 1970 e 1980, o nome foi alterado, inexplicavelmente para Sawamu (Savamu), ganhando o subtítulo de “O Demolidor”. Foi exibida a partir de julho de 1976 pela TV Record no horário das 18 horas. Essa exibição permaneceu no ar até 1978, sempre no mesmo horário.

Em 1979 transferiu-se para a TV Gazeta num horário reservado aos enlatados nipônicos como Judoca e Esper, mas ficou poucos meses no ar. Só retornou à televisão brasileira em 1983, novamente pela TV Record, agora sendo exibido às 14h. Saiu definitivamente do ar em 1984.

O tema musical em português era uma canção original e não uma versão da abertura japonesa como era de costume nos demais animes da época.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin