Emissora: CBS.
Emissora no Brasil: Rede Globo e TV Bandeirantes.
Transmissão Original: de 7 de setembro de 1974 a 21 de dezembro de 1974.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 1 (16 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Hanna-Barbera Productions.

O Desenho.


O Vale dos Dinossauros estreou na emissora americana CBS no dia 7 de setembro de 1974, exatamente no mesmo dia em que o seriado Elo Perdido, produzido pelos irmãos Sid & Marty Krofft, também fazia sua estreia na NBC. Com enredos bem parecidos, Vale dos Dinossauros e Elo Perdido ainda tinham coincidentemente no final dos créditos de abertura um dinossauro rugindo e olhando para a câmera.

A explicação está já nas chamadas de Elo Perdido, feitas meses antes da estreia da série. O estúdio Hanna-Barbera que procurava uma boa história para um novo programa animado aproveitou o enredo principal, inseriu personagens distintos e produziu rapidamente os primeiros episódios de Vale dos Dinossauros.

Com a produção executiva de William Hanna e Joseph Barbera, o desenho rendeu 16 episódios, cujo último episódio inédito foi exibido nos Estados Unidos no dia 4 de setembro de 1976.

A série, muito bem produzida, oferecia para criançada roteiros inteligentes com o Professor Butler eventualmente apresentando seus conhecimentos científicos para sair de alguma situação de perigo. Além disso, os episódios são ágeis o que consegue atrair inclusive as crianças de hoje.

A História.


No desenho, a família Butler, formada pelo professor John, sua esposa Kim, seus dois filhos,Katie e Greg, e seu cachorro Digger, estão em uma viagem de “rafting”, desbravando as corredeiras do rio Amazonas a bordo de um bote. Quando se aventuraram num afluente desconhecido do rio, foram tragados por um redemoinho e entraram em uma caverna subterrânea. Saindo de lá, se depararam com um mundo povoado por seres pré-históricos, repleto de gigantescas feras, como se o tempo não tivesse chegado naquela região.

Os Butlers foram salvos por uma família de nativos amistosos, com o homem das cavernas Gorak, sua esposa Gara e seus dois filhos Lok e Tana, que tinham ainda um animal de estimação, um filhote de estegossauro chamado Glump.

As duas famílias se tornaram amigas, e Goraks passaram a ajudar os forasteiros em suas várias tentativas para encontrar uma maneira de regressar ao seu tempo. Enquanto isso os Butlers precisavam se adaptar à nova realidade e aprender a fugir dos perigos.

No último episódio, entende-se que eles fogem do Vale com um planador, porém isto não é mostrado no desenho

No Brasil.


O desenho chegou ao Brasil pela Rede Globo em 1975, dentro da faixa de programação intitulada Show das 5, ficando na emissora até 1977 quando já era mostrado dentro do Globo Cor Especial. Voltou à telinha brasileira em 1980 pela TV Bandeirantes ocupando o horário das 11h45, permanecendo no canal até 1982.

Sua dublagem realizada pela Herbert Richers, ainda hoje é lembrada com carinho pelos fãs do desenho, graças a qualidade técnica e de interpretação. No elenco nomes como os de Miguel Rosenberg, Marlene Costa e Rodney Gomes davam destaque a dublagem brasileira.

Alguns nomes de personagens foram modificados na versão brasileira. Enquanto na versão original o homem pré-histórico é chamado de Gorok, no Brasil recebeu o nome de Gorak. Gara por sua vez foi chamada no Brasil de Gera.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin