É uma novela da TV Globo que apresenta o tumultuado romance entre a mimada Jô Penteado e o professor Fábio Coutinho.

Emissora: Rede Globo.
Transmissão Original: de 15 de abril de 1985 a 19 de outubro de 1985.
Duração: 50 minutos.
Temporadas: 1 (160 capítulos).
Cores.
Companhias Produtoras: Rede Globo.

A Novela.


A Gata Comeu é uma adaptação de Ivani Ribeiro de outra novela de sua autoria, A Barba Azul (TV Tupi, 1974), onde Eva Wilma e Carlos Zara viveram os papéis vividos Christiane Torloni e Nuno Leal Maia.

A comédia romântica teve uma grande aceitação do público infantil. Além de suas tramas espalhafatosas e de seu humor ingênuo e gostoso, A Gata Comeu tinha o tal clubinho formado pelas crianças: Cuca, Adriana, Xande, Sueli, Nanato, Cecéu e Verinha, que incentivou de certa forma todas as crianças da época a montarem o seu próprio clubinho. Além disso a trilha sonora quase toda era presença marcada nas rádios e até hoje muitos não conseguem ouvir uma canção da novela sem lembrar dela.

A novela tem uma das trilhas sonoras mais vendidas da história. A trilha internacional, no entanto, teve um problema no seu lançamento pois a música “Crazy for You”, da Madonna, não tinha a autorização da gravadora para constar no disco. Os LPs e fitas cassete foram recolhidos e, no segundo lote, a canção “Smooth Operator”, de Sade, entrou no lugar.

A novela foi reapresentada duas vezes no Vale a Pena Ver de Novo: a primeira, entre 27 de fevereiro de 1989 e 28 de julho de 1989; e a segunda entre 23 de julho de 2001 e 7 de dezembro de 2001. Foi reexibida no quadro Novelão do Video Show em duas ocasiões: a primeira entre 11 e 15 de junho de 2012 e a segunda entre 19 e 23 de janeiro de 2015, ambas em 5 capítulos. Também foi reprisada no Canal por assinatura Viva entre os anos de 2016 e 2017.

A novela representa a estreia da atriz Deborah Evelyn em novelas da TV Globo. Nos primeiros capítulos, A Gata Comeu contou com a participação de Doc Comparato e Gonzaga Blota, vivendo eles mesmos, um autor e um diretor de novelas de televisão.

A Gata Comeu foi vendida para Bolívia, Chile, Moçambique, Nicarágua, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana e Venezuela.

A História.


A Gata Comeu tem como tema central a história de Jô Penteado (Christiane Torloni). Jovem, bonita, rica e mimada, ela não consegue encontrar o amor verdadeiro. Já ficou noiva sete vezes, mas nunca se apaixonou de verdade,  o que lhe rende o apelido de Lucrécia Bórgia. A vida de Jô muda quando Fábio Coutinho (Nuno Leal Maia) entra em seu caminho. Professor de uma escola de segundo grau, Fábio é viúvo, pacato, conservador, embora liberal com seus alunos.

Um dia, Fábio promove uma excursão marítima com seus alunos, cuja embarcação é de propriedade de Horácio Penteado (pai de Jô). Alguns amigos dele e Jô acabam indo para a excursão, porém, um forte temporal os desvia da rota e eles vão parar numa ilha deserta. No local, Jô e Fábio brigam o tempo todo, e trocam até tapas. O ódio de um pelo outro aumenta a cada instante. Após terem sido dado como mortos, ficam dois meses na ilha, e são resgatados.

Ao voltarem para casa, todos encontram suas casas e vidas modificadas, já que foram dados como mortos por seus amigos e familiares. Jô e Fábio continuam vivendo como cão e gato. Confusa, Jô chega a terminar o noivado com Rafael Benavente. Descobre que está apaixonada por Fábio e faz de tudo para conquistar o seu amor, passando por cima até de sua noiva, Paula. Consegue impedir o casamento dos dois por várias vezes, e até sequestra o professor. Porém, Gláucia, a irmã invejosa de Jô faz tudo para atrapalhar o amor de Jô.

A história do casal Gugu (Cláudio Corrêa e Castro) e Tetê (Marilu Bueno) também movimentava a trama. Ela tratava o marido como uma criança, o que o deixava irado. Em determinado momento da história, ela fica grávida de gêmeos e passa a ter desejos esdrúxulos. Para desespero de Gugu, Tetê não sossega enquanto não se delicia com churros uruguaios, ovo de tartaruga, rabanete com açúcar mascavo e tutu de feijão com cravo e canela.

Outro personagem de destaque na história é o Conde de Parma (Laerte Morrone), um homem que se relaciona com pessoas da alta sociedade, mas que não passa de um garçom disfarçado chamado Vitório. Ele mora com Tony Duarte e Zé Mario que em determinado momento da novela também fingem ser outras pessoas. Zé Mário se passando pelo cego Braguinha para conquistar o amor de Babi e Tony Duarte se passando por Chaguinha, a pedido de Horácio para impedir que sua filha Babi saia com o delinquente Tito.

A dupla formada por Conceição (Dirce Migliaccio) e Oscar (Luiz Carlos Arutin) também rendeu muitas cenas de humor à trama. Autêntico vagabundo e cheio de malandragem, Oscar finge que trabalha muito para a mulher, enquanto ela é que dá duro. Conceição, no entanto, acredita que ele é um santo.

Um dos momentos mais apreciados pelas crianças era o núcleo formado pelos integrantes do Clube do Curumim que viviam aventuras na escola, na pracinha ou nas reuniões do clubinho comandada por Xande. Além do líder o grupo tinha Cuca e Adriana, filhos de Fábio; Sueli, irmã de Xande e de Paula; os irmãos Ceceu e Verinha, filhos do jornaleiro Vicente; e o garoto Nanato.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin