É uma série brasileira protagonizada por Angélica no papel da fada Bela, que sai do Mundo Mágico para o Real vivendo divertidas aventuras.

Emissora: Rede Globo.
Transmissão Original: de 16 de setembro de 1996 a 20 de novembro de 1998.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 4 (465 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Rede Globo.

A Série.


A série Caça Talentos era exibida logo após o programa Angel Mix apresentado também por Angélica, e tempo depois passou a ser mostrada dentro do programa. A ideia original do programa seria fazer uma novela de verdade no horário da manhã, para jovens, e ser um complemento ao Angel Mix. Mas a novelinha fez mais sucesso que o infantil, em uma época em que as produções do tipo viraram moda. Infelizmente as constantes prolongações da trama (que resultou na saída conturbada de suas duas vilãs, vividas por Ana Furtado e Helena Fernandes) levou a audiência para baixo.

Caça Talentos, que estreou no dia 16 de setembro de 1996, apresentava uma história completa por semana focalizando um mundo de fadas misturado ao mundo real.

Com uma série de efeitos especiais, o cenário da floresta – com árvores e um lago artificial – foi montado no Projac e consumiu cerca de 100m² de grama verdadeira. A cenografia de Caça Talentos estava a cargo de Leila Moreira, Cláudio Domingos e Marco Aurélio. A direção de produção do programa era de Mário Rogério Ambrósio.

A partir de 1997 acrescentou-se ao início de cada capítulo um resumo narrado do que acontecera no dia anterior. Em julho de 1997, começaram as gravações de Caça Talentos em novo formato, que estreou no dia 11 de agosto, com histórias de dez capítulos o que deu maior dinamismo a trama.

Em março de 1998, junto com Angel Mix, a série passou por uma reestruturação, inclusive de elenco. A equipe de roteiristas, supervisionada por Ronaldo Santos e Mauro Wilson, responsável pela redação final, passou a contar com Gilberto Loureiro, além da colaboração de Mariana Mesquita, Péricles C. Barros, Márcio Wilson, Duba e Bernardo Guilherme.

A trama foi encerrada no exato capitulo 500, no dia 20 de novembro de 1998, pois Angélica queria se firmar como apresentadora e não como atriz como a Globo queria.

Caça Talentos era exibido de segunda à sexta-feira às 11h. Em 2013 passou a ser reprisada pelo canal à cabo Viva, entrando no ar em 29 de setembro de 2010 e sendo exibido na integra até 11 de abril de 2014, sendo substituída por Flora Encantada, também protagonizado por Angélica.

A História.


A série contava a historinha da Fada Bela (Angélica), uma menina que sofreu um acidente de carro ainda bebê, onde seus pais morreram. Ela foi achada por duas fadas atrapalhadas: Margarida e Violeta, as duas a levaram para o Mundo Mágico e a criaram como se fosse uma fada com poderes mágicos.

Quando cresceu, Bela descobriu que não era uma fada e que havia vindo do Mundo Real, onde vivem os seres humanos. Bela é mandada para o Mundo Real para fazer sua escolha, ficar no Mundo Mágico, ou ficar no Mundo Real onde perderia seus poderes e suas lembranças sobre o outro mundo. Para permanecer no Mundo Real enquanto fazia sua escolha Bela não poderia beijar ninguém, senão deixaria de ser fada e ficaria ali para sempre.

Acontece que Bela vai para uma agência, a Caça Talentos, situada numa casa que delimita a passagem do mundo real para o mundo de fadas, e lá se apaixona por Arthur (Eduardo Galvão), o dono da agência. Após muitos problemas, confusões e tudo mais, Bela e Arthur resolvem se casar, só que Bela teria que contar para Arthur de onde veio, então ela o leva para o Mundo Mágico e o conta sua história. Infelizmente os dois não ficam juntos, mas a novelinha terminou com uma promessa: “As aventuras da Fada Bela não terminam aqui”.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin