É um desenho animado dos anos 60 mostrando as aventuras de uma pantera muito esperta que vive arranjando confusões.

Emissora: NBC.
Emissora no Brasil: TV Tupi, TV Record, SBT, Rede Globo, TV Cultura, Cartoon Network, Boomerang, Tooncast e TCM.
Transmissão Original: de 6 de setembro de 1969 a 1º de setembro de 1980.
Duração: 6 minutos.
Temporadas: 1 (124 episódios).
Cores
Companhias Produtoras:
DePatie-Freleng Enterprises.

O Desenho.


Em 1964 foi criada uma série de filmes para o cinema estrela por Peter Sellers, que não tinha muito haver com a personagem da Pantera Cor-de-Rosa que conhecemos dos desenhos animados. O primeiro filme da série, A Pantera Cor-de-Rosa, narra as aventuras do atrapalhado Inspetor Closeau correndo em busca do diamante que dá nome ao filme. Ele continua seguindo a joia “pantera cor-de-rosa” por mais algumas sequências como: A Volta da Pantera Cor-de-Rosa (1975), A Nova Transa da Pantera Cor-de-Rosa (1976), A Vingança da Pantera Cor-de-Rosa (1978) e os embaraçantes A Trilha da Pantera Cor-de-Rosa (1982) e A Maldição da Pantera Cor-de-Rosa (1983), já sem Sellers no papel principal.

 A primeira aparição da personagem em animação foi na abertura do primeiro longa-metragem. Friz Freleng e David DePatie foram chamados para criarem uma introdução para o filme, uma espécie de “mini” desenho animado que mostra o Inspetor Closeau correndo atrás da Pantera Cor-de-Rosa, só que, ao invés de desenharem o diamante, fizeram uma brincadeira ao pé-da-letra e desenharam a pantera que todos conhecemos.

Apesar de só aparecer por alguns minutos na tela do cinema, a felina agradou tanto ao público que acabou ganhando alguns curtas destinados às salas de cinema, que foram produzidos por Mirisch-Geoffrey Productions, DePatie-Freleng Studios e United Artists. Com o êxito alcançado pelos curtas, eles também passaram a ser apresentados na televisão, dando origem a uma série de animação.

A primeira dessas séries surgiu em 1964, onde a Pantera Cor-de-Rosa era perseguida por um pequeno homem que se assemelhava a uma versão animada do Inspetor Closeau, mas todo branco, parecendo um fantasma. Todos os desenhos utilizavam a música de tema composta por Henry Mancine para o filme de 1963.

Na década de 60, os desenhos animados da Pantera foram apresentadas originalmente nas manhãs de sábado pela rede NBC. Em 1976, a série de meia hora passou para o formato de 90 minutos, em The Pink Panther Laugh e Half Hour and a Half Show, esta última versão inclui um segmento em “live-action” com o comediante e anfitrião Lenny Schultz, que lia cartas e contava piadas ao espectadores.

Em 1978 a Pantera se mudou para a rede ABC onde foi apresentado mais uma temporada, antes de deixar a rede completamente. A versão apresentada pela ABC continha 16 episódios contendo 32 personagens novas.

A História.


Lançada em 1969, The Pink Panther Show, mostra a divertida e carismática Pantera Cor-de-Rosa, com aquele seu andar elegante e sem dar uma só palavra sequer, fugindo do Inspetor Closeau. O baixinho inspetor (ilustrado como uma caricatura de Sellers) se utiliza das mais diversas técnicas para correr atrás da magérrima pantera, mas ela sempre consegue escapar com muita inteligência.

No fim dos anos 70, o desenho animado da pantera já tinha transformado a personagem felina, o Inspetor Clouseau e a música-tema, composta por Henry Mancini, em um fenômeno de massa mundial. Com cenários e traços dos personagens extremamente simples e cenas muito engraçadas, o desenho chegou a ganhar um Oscar da Academia de Hollywood.

A Pantera tornou-se então a mais famosa criação da dupla Friz Freleng e David DePatie que depois lançaram outros personagens célebres, como o Inspetor (também tirado do filme de Blake Edwards), A Formiga e o Tamanduá, Toro e Pancho, a A Cobrinha Azul e outros.

No Brasil.


No Brasil a Pantera apareceu pela primeira vez na TV Tupi em 1973 onde ficou por cinco anos na programação da emissora. Transferiu-se em 1979 para a TV Record, canal que mostrou os desenhos até 1981.

A Partir de 1982 a série foi exibida pela extinta TVS, sendo mostrada na faixa nobre da emissora às 21h15. Em 1985 fazia parte do  programa Bozo e em 1986  chegou a ser transmitida aos domingos às 9h. A partir de 1988, A Pantera Cor de Rosa foi exibida dentro do programa Show Maravilha, onde ficou até 1990.

No inicio da década de 1990 passou para a Globo onde começou a ser exibida no Xou da Xuxa. Após alguns anos fora do ar, foi transmitida em 1998, novamente na TV Record no programa Eliana & Alegria, e em 1999, na Globo pelo programa Angel Mix onde ficou até 2000. Nessa exibição a Globo também mostrou os desenhos falados da personagem,

Retornou ao SBT por volta de 2002 dentro do Bom Dia e Cia, na época apresentado por Jackeline Petkovic. Na ocasião o programa também exibia Os Filhos da Pantera Cor de Rosa. O clássico também exibido no Sábado Animado.

Em 2008 a TV Record apresentou A Pantera Cor de Rosa dentro da faixa intitulada Record Kids, quando deixou a grade da emissora sendo substituída pela série Todo Mundo Odeia o Chris.

Em 2015 a TV Cultura começou a exibir o desenho. Também foi mostrado no Cartoon Network de 2002 a 2004, Boomerang de 2004 a 2006, no Tooncast a partir de 2010 e no TCM entre 2014 e 2015.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin