Jerônimo, o Herói do Sertão (1972)

Novela de sucesso da TV Tupi que conta a trajetória do herói interpretado por Francisco Di Franco.

Emissora: TV Tupi.
Transmissão Original: de 20 de novembro de 1972 a 9 de novembro de 1973.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 1 (255 capítulos).
Cores.
Companhias Produtoras: Rede Tupi.

videoelencotrilha

O Personagem.


No início da nossa televisão, na década de 1950, muitos heróis apareceram para protagonizar aventuras dos mais vários estilos, mas quase sempre os nossos heróis tinham muitos elementos que lembravam os personagens americanos. Uma feliz exceção era o 100% brasileiro Jerônimo, o Herói do Sertão, criado por Moisés Weltmam, que nasceu nos quadrinhos em 1957 e fez a alegria dos fãs durante 62 edições mensais, antes de passar à Rádio Nacional do Rio de Janeiro com a voz de Milton Rangel.

Nos quadrinhos ele tinha como mãe Maria Homem. Seu companheiro era o “Moleque Saci” (que também ganhou sua versão para quadrinhos) e sua amada era Aninha.

A Novela.


Em 1972 a TV Tupi resolveu trazer para a televisão a versão com atores de verdade do herói, com a direção de Dionísio Azevedo e Gonzaga Blota. A novela, Jerônimo, O Herói do Sertão, ia ao ar às 18h.

Laços de Sangue foi o primeiro episódio da novelinha, contando a origem do herói. A segunda história, Fronteiras do Mal, se passava em outra cidade e tinha um bandido chamado Perneta. A terceira foi A Porta do Inferno, onde Jerônimo lutou contra um inimigo cientista chamado Dr. Satã. Somente para o Rio de Janeiro foi exibida a quarta história: O Caminho da Esperança. Havia ainda o projeto de uma nova aventura, A Bala de Prata, mas a Tupi não deu continuidade à série.

A série passou na televisão brasileira diversas vezes, na década de 1960 e 1970 na TV Tupi e na década de 1980, no mesmo canal 4, agora TVS / SBT. Foram diversas versões diferentes. Sendo que na última, a da TVS, o “sertão” era tão bem feito, que ninguém imaginaria que era em Cabreúva, uma região cheia de verde.

A História.


A série contava a história do paladino da justiça e andarilho dos sertões brasileiros Jerônimo, que  estava sempre à disposição, onde quer que o bem precisasse triunfar.

Jerônimo vivia na pequena cidade de Cerro Bravo, interior paulista e sempre andava ao lado de seu fiel companheiro, Moleque Saci (Canarinho), e de sua amada, Aninha (Eva Christian), percorrendo os sertões interioranos. Quase sempre o herói se envolvia em aventuras perigosas que encontrava no meio do caminho.

Entre os maiores inimigos de Jerônimo estava o Coronel Saturnino Bragança (Ítalo Rossi), que com o poder do dinheiro mandava e desmandava em Cerro Bravo e com isso forçava os pobres fazendeiros a saírem de suas terras alegando que as escrituras das terras eram falsas, a única salvação deste povo sofrido era o herói Jerônimo, o misterioso cavaleiro que saia do seu esconderijo na mata para ajudar aqueles que necessitam..

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*