O Feijão e O Sonho (1976)

É uma novela da TV Globo que apresenta mostra a trajetória do poeta Juca Campos Lara.

Emissora: Rede Globo.
Transmissão Original: de 28 de junho a 9 de outubro de 1976.
Duração: 50 minutos.
Temporadas: 1 (85 capítulos).
Cores.
Companhias Produtoras: Rede Globo.

videoelencotrilha

A Novela.


O Feijão e o Sonho foi uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida no horário das 18 horas pela entre 28 de junho e 9 de outubro de 1976, totalizando 89 capítulos. A atração substituiu Vejo a Lua no Céu e foi substituída por Escrava Isaura.

Nos primeiros 20 capítulos, as cenas externas foram gravadas na cidade de Conservatória, no interior do estado do Rio de Janeiro. Já na segunda fase, a locação escolhida foi em Itacuruçá, região litorânea do estado.  Para abrigar as gravações da terceira fase foi usada uma antiga vila de agricultores, próximo de Conservatória. Nesta etapa, gravaram-se também cenas em ruas do Jardim Botânico e do Centro do Rio de Janeiro

Em função do incêndio que havia destruído as instalações da TV Globo em junho de 1976, as cenas de interior foram feitas nos estúdios da TV Educativa.

O afastamento definitivo do ator Roberto Bonfim da novela (no capítulo 56), por problemas de saúde, e o infarto do ator Cláudio Cavalcanti (que ficou sem gravar por cerca de um mês) forçaram a mudança quase total dos planos de produção e causaram atrasos nas gravações de O feijão e o sonho. Com isso, o núcleo das 18h teve que gravar duas novelas ao mesmo tempo, quando se iniciaram os trabalhos em externa de Escrava Isaura.

O ator Cláudio Cavalcanti, protagonista da novela, conta que Juca Campos Lara foi o personagem que mais gostou de fazer em sua trajetória profissional. Segundo ele, sem que Orígenes Lessa e Benedito Ruy Barbosa imaginassem, a história de Campos Lara remetia à vida de seus pais. Para o ator, sua mãe era “o feijão” e o pai – cuja poesia também fora soterrada pela realidade –, “o sonho”.

O Feijão e o Sonho foi reapresentada a partir de abril de 1977, às 13h30.

A História.


Adaptação do romance homônimo de Orígenes Lessa, a novela mostra a trajetória do poeta Juca Campos Lara (Cláudio Cavalcanti) em busca de seu grande sonho: dedicar-se exclusivamente à poesia. Ele se apaixona por Maria Rosa (Nívea Maria), uma mulher prática que tem dificuldade em compreender a postura sonhadora do rapaz. O feijão e o sonho acompanha a história do casal, do encontro romântico ao problema com os filhos, e discute o contraste entre a vida idealizada pelo poeta e seus problemas cotidianos. Ele é obrigado a trabalhar nas Empresas Elétricas Brasileiras e a dar aula de Matemática.

Quatro fases e lugares da vida de Juca Campos Lara são usados para o desenvolvimento da história: 1925, na cidade de Sorocaba; de 1925 a 1927, no bairro do Bexiga, em São Paulo; em 1937, na cidade de Capinzal, em Santa Catarina; de 1946 e 1947, novamente na capital paulista.

Por ser dividida em fases, a novela foi recebendo novos personagens com o passar do tempo.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*