Emissora: Syndication.
Emissora no Brasil: Rede Globo, TV Record e FOX.
Transmissão Original: de 7 de setembro de 1985 a 20 de maio de 1989.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 4 (96 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: 20th Century Fox Television.

A Série.


Nos anos 80 os sitcoms invadiram de vez a nossa TV nas seções do fim de tarde na Globo ou na Record. Uma delas agradou especialmente as crianças ao mostrar uma pequena androide chamada Vicky.

Super Vicky era uma série de TV no formato de uma sitcom criada por Howard Leeds, apresentada originalmente nos Estados Unidos, em syndication, entre 7 de setembro de 1985 a 20 de maio de 1989, num total de 96 episódios, de aproximadamente 30 minutos cada, em quatro temporadas.

As músicas ficaram a cargo de Rod Alexander, Howards Leeds e Diane Leslie, tendo como tema de abertura a música “She´s a Small Wonder”, composta por Geoge Greeley e Ed Lojeskie.

Apesar do sucesso em diversas partes do mundo, inclusive nos Estados Unidos, em 2002, os críticos de televisão da USA Today classificaram como um candidato a um dos piores programas de TV dos últimos tempos, assim como foi considerado pela BBC como uma das piores comédias de baixo orçamento de todos os tempos.

Em 1986, a atriz Emily Schulman, que interpretava a personagem Harriet Brindle, a vizinha tagarela que era apaixonada por Jamie, recebeu o prêmio “Young Artist Award como Best Young Supporting Actress in a New Television Series” e em 1987 o mesmo prêmio por “Exceptional Performance by a Young Actress ins Long-Running Series, Comedy or Drama”.

 

A História.


A androide V.I.C.I. (Voice Input Child Identicant) foi criada pelo inteligente cientista, especialista em robótica, e ele acabou trazendo o projeto para casa. Ted Lawson (Dick Christie) quis dar a esposa Joan Lawson (Marla Pennington) e ao filho Jamie Lawson (Jerry Supiran) uma garotinha na família, mas sua intenção principal no início era que a garotinha pudesse ajudar nas tarefas domésticas, resultado: Vicky, uma réplica de uma menina comum de dez anos, acaba se tornando um membro da família Lawson.

A robozinha parecia uma menina comum, mas a vizinhança mesmo achando que ela era filha legítima do casal Lawson, andavam desconfiados do jeitão esquisito de Vicky, principalmente a abelhuda Harriet Brindle (Emily Schulman), uma garotinha chata que morria de amores por Jamie Lawson e que vivia perguntando a todos: “Onde está o meu homem?”

Vicky sempre colocava o casal Ted e Joan em problemas, e era constantemente explorada por Jamie, que aproveitava as habilidades robóticas para fugir das várias tarefas de casa. a robô tentava aprender com Jamie a se portar como uma criança normal, mas um robô leva tudo ao pé da letra o que acabava criando situações muito engraçadas.

 

No Brasil.


Super Vicky estreou no Brasil no dia 27 de março de 1987 dentro do extinto programa Sessão Comédia. O seriado era exibido sempre às sextas-feiras, na Rede Globo. Permaneceu nessa faixa da programação até 1990, quando passou a ser exibido aos domingos de manhã.

Em 1993, passou a ser transmitido diariamente, dentro da Tarde Maior, sempre às 15h, pela Rede Record. Foi parar nas madrugadas da emissora, até que sumiu da televisão em 1995. Na mesma época a TV por assinatura Fox também exibiu o seriado.

A partir de 12 outubro de 2009 a série passou a ser exibida no bloco Band Kids. Em 2010, a série passou a ser exibida apenas aos sábados às 20h10, logo após o Jornal da Band, quando não houvesse boletins da Fórmula Indy. Em dezembro de 2011, a série continuava sendo exibida pela Rede Bandeirantes, aos sábados às 13h50.

Em 2014 a série começou a ser exibida no canal por assinatura Viva. O episódio “Uma Nova Planta” não exibido em sua transmissão original precisou ser redublado, recebendo vozes escaladas pela Delart. Todo o elenco principal brasileiro foi preservado.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin