Emissora: ABC.
Emissora no Brasil: Rede Globo, SBT, TV Bandeirantes e Canal Viva.
Transmissão Original: de 26 de abril de 1991 a 20 de julho de 1994.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 4 (65 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Walt Disney Pictures e Jim Henson Productions.

A Série.


Família Dinossauro foi uma série produzida pela Disney em parceria com a Jim Henson Productions e a Michael Jacobs Productions que mostrava o cotidiano da família Da Silva Sauro, vivendo em uma sociedade dominada pelos grandes répteis, onde o cotidiano era o pretexto para inúmeras críticas e sátiras à sociedade e aos costumes da classe média.

A série foi apresentada originalmente pela rede ABC norte-americana, entre 20 de abril de 1991 a 26 de julho de 1994 e foi concebida por Michael Jacobs e Bob Young, que deu vida aos bonecos os bonecos em associação com a Touchstone Television.

A tecnologia utilizada pela série era considerada revolucionária em relação à que estava disponível no início da década de 90, fator que levou seus produtores a serem mundialmente conhecidos.

Os figurinos do programa eram confeccionados artesanalmente e cada personagem possuía características físicas próprias no rosto, corpo e patas. A intenção era a de que cada dinossauro se tornasse único e facilmente reconhecível.

A série, nunca teve um elenco fixo. Inúmeros atores interpretaram os personagens em ocasiões diversas. As mudanças jamais eram percebidas pelos telespectadores devido ao fato de cada dinossauro ter a sua própria voz, outra tecnologia inovadora para a época.

Além das versões feitas para a programação da TV da família, alguns episódios também faziam referências a filmes famosos, como o episódio “As Terríveis Crianças de Dois Anos”, que é uma paródia do filme O Exorcista, e “Conduzindo Miss Zilda”, em que uma cena é propositalmente copiada do filme Jurassic Park.

Os sobrenomes da maioria dos personagens faziam referência a empresas de petróleo, como Sinclair, Hess, GP e Phillips.

“Mudando a Natureza”, que deveria ter sido o último episódio da série, foi censurado em vários países por retratar o início da Era do Gelo e o fim dos dinossauros, sendo considerado cruel e impróprio para o público infantil.

 

A História.


Dino da Silva Sauro é o patriarca da família e trabalha derrubando árvores na companhia de demolição “Isto é assim”, comandada pelo cruel Sr. Richfield. Bonachão e um pouco folgado, Dino adora chegar em casa e fazer um lanchinho preparado pela sua adorável esposa. Sempre que abre a porta de casa grita: “Querida, cheguei”, assim a frase acabou se tornando um dos bordões mais conhecidos no Brasil no início da década de 90.

Fran da Silva Sauro é a simpática matriarca da família e perfeita dona de casa. Muito dedicada, Fran vive apenas para cuidar do marido e de seus três filhos: Bobby, o filho mais velho que apesar do visual radical é um rapaz consciente, responsável e que vive desafiando os tradicionais costumes dos mais velhos; Charlene, a filha do meio que é a típica adolescente, adora música, fazer compras e paquerar os rapazes no shopping, além de ser alienada as causas sociais, afinal está mais preocupada com a sua aparência e a moda da estação; e o endiabrado caçula Baby que está sempre fazendo travessuras com seus irmãos e principalmente com seu pai. Para irritar ainda mais o pobre Dino, Baby não se cansa de repetir as frases: “De novo” e “Não é a mamãe” enquanto bate com a panela na cabeça do pobre pai.

A família ainda tem a presença da Vovó Zilda, a mãe de Fran e a “adorável” sogra de Dino. Seu maior hobby é infernizar a vida do genro e se divertir com seus netos.

Para a alegria de Dino, seu melhor amigo Roy Hess, está sempre pronto para lhe fazer companhia e embarcar em suas aventuras.

O fato do seriado se passar na pré-história fez com que os calendários da série funcionassem de trás para frente, ou seja, os anos diminuíam ao invés de aumentarem. Em um episódio, Bob pergunta ao seu pai Dino se ele se questiona porque isso acontece.

Os seres humanos apareceram em diversos episódios como homens da caverna, e os dinossauros expressaram frequentemente a opinião que os seres humanos nunca poderiam desenvolver a inteligência. Uma piada do seriado era que os dinossauros não sabem distinguir os seres humanos “machos” e “fêmeas”, como mostrado em um episódio “A Dança do Acasalamento”, em que os tratadores do zoológico colocaram dois espécimes humanos para procriar, porém os dois espécimes eram do gênero masculino.

 

No Brasil.


A Família Dinossauro estreou no Brasil em abril de 1992 dentro do programa Xou da Xuxa na Rede Globo. Na época alcançou um grande sucesso, o que o levou também a ser exibida na programação de domingo da Rede Globo. O ápice no sucesso do programa por aqui foi quando em 1993 passou a ser exibido dentro do programa infantil TV Colosso às 11h30.

Os bordões logo caíram na boca do povo e muitos produtos foram lançados sobre a série, desde chaveiros, livros e canetas até álbuns de figurinhas e até um disco chamado Babymania, que foi gravado pelos dubladores. A dubladora Marisa Leal, responsável pela voz do Baby ficou conhecida por se apresentar em vários programas de TV falando sobre a série. Saiu da programação global em 1995 após várias reprises.

Em 2003 Família Dinossauro foi adquirida pelo SBT, também fazendo algum sucesso com exibições na hora do almoço. Ficou alguns anos fora da programação brasileira até que em 2007 a Band resgatou o seriado para exibi-lo em horário nobre e pela primeira vez, ultrapassou mais de 3 pontos naquele horário, marcando 8 pontos de pico e 7 de média, ficando no 3º lugar, segundo o Ibope.

A partir de 12 outubro de 2009 a série passou a ser exibida no bloco Band Kids. Em 2010, a série passou a ser exibida apenas aos sábados às 20h10, logo após o Jornal da Band, quando não houvesse boletins da Fórmula Indy. Em dezembro de 2011, a série continuava sendo exibida pela Rede Bandeirantes, aos sábados às 13h50.

Em 2014 a série começou a ser exibida no canal por assinatura Viva. O episódio “Uma Nova Planta” não exibido em sua transmissão original precisou ser redublado, recebendo vozes escaladas pela Delart. Todo o elenco principal brasileiro foi preservado.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin