Emissora: CBS.
Emissora no Brasil: Rede Globo, TV Record e SBT.
Transmissão Original: de 6 de setembro de 1975 a 3 de setembro de 1977.
Duração: 22 minutos.
Temporadas: 2 (34 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Filmation Associates.

A Série.


A personagem Poderosa Ísis foi criada especialmente para a televisão e estreou na telinha apenas como coadjuvante da série estrelada pelo Capitão Marvel, onde ela completava o horário de Shazam!. Com episódios de meia hora, a heroína conseguiu fazer mais sucesso que o astro dos quadrinhos, tanto que, em 1977, a série Shazam! foi cancelada mas Ísis continuou na ativa, ganhando seu próprio programa que passou a se chamar The Secrets of Isis – mas durou apenas uma temporada.

Os efeitos especiais eram precários mesmo para a época em que foram concebidos. Ainda que a série não tivesse muitos recursos ou grande variação de locações, custava muito caro a Filmation que em setembro 1978 preferiu parar de produzir o programa.

Durante a produção do programa, a DC Comics publicou revistas em quadrinhos com a personagem.

Isis ainda retornou num desenho animado chamado Ísis e a Liga da Liberdade, produzido de 1978 a 1980, onde ao lado Ísis estavam Hércules, Merlin, Simbad e o Super Samurai.

A História.


A identidade secreta de Ísis era Andrea Thomas, uma professora de ciências de uma escola do 2º grau, que gostava de dar uma de arqueóloga nas horas de folga. E foi numa dessas incursões que encontrou no Egito, um amuleto que pertencera à Deusa Ísis, sendo o mesmo dotado de poderes mágicos. Quando Andrea colocou o amuleto na cabeça, ela tornou-se capaz de ler os hieróglifos da caixa. As escritas explicavam a mágica do amuleto que a transformava na deusa Ísis.

Ao pronunciar as palavras “Poderosa Ísis”, ela se transformava na heroína, ganhando um uniforme com enfeites egípcios e sendo capaz de voar. Para tal, eram ditas as palavras: “Oh! Zephyr que comanda o ar. Erga-me para que eu possa voar!”. Após os voos, Ísis pousava girando em torno de si para combater os vilões.

Andrea Thomas passou a usar seus poderes para lutar contra o crime ou ajudar pessoas que estavam em perigo e sempre que precisava de algo diferente, recitava versos invocando algum tipo de Deus egípcio. Andrea lutava contra o mal juntamente com o professor Rick Mason e as alunas Cindy Lee e Renee Carrol. Completando o time de personagens ainda tínhamos o corvo de estimação de Andrea chamado Tut.

Quanto às outras forças da Poderosa Ísis, principalmente às atléticas, eram até muito discutíveis, haja visto que dificilmente ela entrava em confronto corpo a corpo com algum adversário, assim como corria e nadava como qualquer ser humano normal, mas era uma exímia solicitadora de pedidos aos deuses, para que eles realizassem diversas tarefas para ela.

A personagem mantinha segredo sobre sua segunda identidade. Ao final de cada episódio, olhava diretamente para a câmera, falando sobre aquilo que considerava ser a moral da aventura mostrada.

No Brasil.


O Segredo de Isis foi exibida pela primeira vez no Brasil na Rede Globo em 1977 num horário chamado Faixa Nobre, onde era mostrada junto com a série Shazam!. Ficou na programação do canal até 1978, quando então transferiu-se, já no ano seguinte, para a TVS para ser exibida diariamente às 18h.

O programa recebeu a dublagem da Herbert Richers e a heroína teve a voz da atriz Ângela Bonatti.

Depois de um longo período fora da nossa programação a série só retornou à televisão brasileira no início dos anos 80 pela TV Record. Também foi mostrada pelo SBT em 1987, sendo apresentada no horário nobre do canal onde permaneceu até o ano seguinte.

Em 2010 foi lançada pela Focus Filmes em DVD. O box contava com quatro discos trazendo os 15 episódios da primeira temporada e trailers como extras. Cada disco possuía o áudio original em inglês e uma redublagem realizada pela BKS.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin