Emissora: Fuji TV.
Emissora no Brasil: TV Record.
Transmissão Original: de 3 de fevereiro de 1977 a 15 de setembro de 1977.
Duração: 25 minutos.
Temporadas: 1 (27 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Toei Animation.

 

O Desenho.


Jet Marte, mais conhecido como O Menino Biônico, foi uma animação nipônica que estreou no dia 3 de fevereiro de 1977, trazendo as aventuras de mais um guerreiro protetor do Japão com capacidade de voar e dotado de superforça.

O desenho criado por Osamu Tezuka foi fortemente inspirado no primeiro desenho de aventura da TV japonesa, o Tetsuwan Atom, de 1964, conhecido no Brasil e nos Estados Unidos como Astroboy (outra criação de Tezuka). Alguns dizem que a ideia de Tezuka era de fato lançar um remake de Astro Boy.

O protótipo de desenho de Jetter Mars tem algumas características similares a de Uran, a irmã de Tetsuwan Atom. Tanto que Tezuka teve que modificá-lo a ponto de trocar as orelhas por esferas e também modificar o cabelo.

Sem a audiência esperada foi cancelado após 27 episódios. Mesmo hoje em dia, a série raramente é citada como um dos trabalhos de Osamu Tezuka.

A História.


Criado pelo cientista Professor Yamanoue (mais conhecido como Professor Yama), em 2015, para proteger o Japão, Jet Marte, era um garoto-robô do futuro que combatia os mais variados tipos de ameaças. A mente artificial de Jet Marte foi criada por Kawashimo (Doutor Kawa) que apesar de ser amigo do doutor Yama era seu rival.

Kawa e Yama viviam discordando com relação a finalidade do robozinho, pois enquanto Kawa o queria para fins pacíficos, o Dr. Yama desejava usar as particularidades do menino biônico para o combate, tanto que o batizou com o nome do Deus da guerra.

Marte era dotado de super-força, super-resistência e poder de vôo. O valente garoto contava sempre com a ajuda de sua amiga Milly, uma androide que por ter sido criada por Sopa possuía sentimentos humanos, devido a isto também sentia frustração de não ser uma humana completa. Jet também tinha um um irmãozinho, Mélki, um divertido bebê-robô, construído por seu pai antes de morrer.

Ainda que fosse um super-herói, o Menino Biônico não passava de uma criança com todas as curiosidades e brincadeiras de um garoto normal.

No Brasil.


No Brasil, as aventuras foram exibidas na TV Record, estreando em 1983 no horário nobre da emissora às 18h, quando dividiu o espaço como Candy CandySawamu e alcançou um grande sucesso. Posteriormente, a série se perdeu dentro de inúmeros programas infantis.

Devido a um incêndio na emissora TV Record, as fitas de O Menino Biônico foram destruídas, o único episódio encontrado com colecionadores é “O Cachorrinho”.

Curiosamente, o Brasil é o único país em que a série é conhecida por Menino Biônico. Provavelmente a distribuidora decidiu aproveitar o sucesso das séries americanas O Homem de 6 Milhões de Doláres e A Mulher Biônica para promover a animação.

Mesmo sem merchandising oficial lançado no Brasil, Marte apareceu em embalagens de uma pipoquinha doce bastante popular anos depois da série ter sido exibida por aqui.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin