Emissora: TBS.
Emissora no Brasil: Rede Manchete e TV Cultura.
Transmissão Original: de 7 de outubro de 1976 a 28 de março de 1979.
Duração: 10 minutos.
Temporadas: 1 (124 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Dax Productions.

 

O Desenho.


A animação japonesa Super Aventuras (Manga Sekai Mukashi Banashi, algo como As Mais Belas Histórias do Mundo) foi produzida pela Dax Internacional e estreou no Japão no dia 7 de outubro de 1976. A direção ficou a cargo de Rintaro e Osamu Dezaki veteranos conhecidos por seus trabalhos em animes.

A série durou 124 episódios, e cada um deles trazia uma história diferente com duração de aproximadamente 10 minutos. Cada conto apresentado era adaptado de um clássico literário, dando às fábulas e livros da literatura mundial um excelente realce, tornando-as ainda mais atrativas para as crianças da época.

Os traços dos desenhos variavam de acordo com o tipo de história, e uma característica forte na maior parte dos episódios de Super Aventuras é que a série usava uma forte carga dramática, recheando as histórias com uma trilha e narrativa preocupadas em mexer com a emoção das crianças, característica bem marcante de alguns animes da época. As histórias sempre possuíam uma lição para os pequenos telespectadores no final de cada episódio.

O desenho Super Aventuras alcançou, na época de seu lançamento, uma repercussão notável, principalmente em países como Árabia e Itália. Chegou a ser apontado como uma das séries animadas mais assistidas por celebridades na relação dos 100 melhores animes da TV.

Durante sua produção, o desenho teve três temas de aberturas, todos compostos por Mariko Miyagi. Os dois primeiros “Uba Uba Ukyakya” e “Watashi o Yobu No Ha Dare” possuem letra, o terceiro “Mama! Himi Tsu da Yo” é apenas orquestrado e foi exatamente o escolhido pela Network para compor a abertura usada aqui no Brasil.

Entre os episódios mais conhecidos estão: “Frankenstein”, “O Quebra Nozes”, “O Filho do Vampiro”, “A Derrota”, “A Flor de Cosmos”, “Joãozinho Mata Gigantes”, “Drácula”, “O Príncipe e o Pobre”, “O Tigre e o Coelho”, “O Coelho e a Manteiga”, “Na Cova dos Leões”, “Romeu e Julieta”, “Daniel e o Leão”, “A Princesa e a Espinha de Peixe”, “Três Porquinhos”, “O Rei Tubarão”, “100 Coelhos” e São Bernardo”.

No Brasil.


Quando foi exibido no Brasil em 1984, dentro do Clube da Criança na TV Manchete a animação recebeu um tratamento especial pela sua distribuidora Network, que refez a abertura da série mostrando o seu título em português. Em 1989 o desenho passou a ser exibido pela TV Cultura, mesmo assim nem todos os seus episódios chegaram a ser mostrados no Brasil.

O destaque na dublagem realizada pela Telecine era a voz da falecida dubladora Neyda Rodrigues. Ela já havia atuado como atriz na Rádio Clube do Brasil, Rádio Mayrink Veiga e Rádio Tupi , onde emprestou sua voz a inúmeros personagens. De voz suave, Neyda também já havia realizado locuções para discos infantis.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin