Emissora: ABC.
Emissora no Brasil: TV Tupi, TV Record, Cartoon Network e Tele Uno.
Transmissão Original: de 9 de setembro de 1967 a 30 de dezembro de 1967.
Duração: 22 minutos.
Temporadas: 1 (16 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Jay Ward Productions.

O Desenho.


A série animada Super Galo destaca-se pelo humor inteligente e absurdo. O programa era dirigido ao público infantil – nos Estados Unidos era exibido nas manhãs de sábado – mas fez sucesso com os adultos. Além do Super-Galo, o seriado trazia dois outros desenhos: George, O Rei da Floresta e Tom Sem Freio. Cada programa tinha três episódios, um de cada desenho.

Criado por Allan Burns e produzido por Jay Ward e Bill Scott, o desenho estreou nos Estados Unidos no dia 9 de setembro de 1967, gerando 17 episódios de 6 minutos de duração.

A História.


O milionário e raquítico galo Rico Dondoco III (Henry Cabot Henhouse III) parece ser um pacato cidadão, um morador de um apartamento de cobertura, mas na verdade ele esconde a identidade secreta de um herói bastante estranho. Quando o milionário veste seu traje e toma o “super-suco”, deixa de ser o fracote Dondoco e se transforma no Super Galo, o galináceo mais forte da Terra, e assim pode combater a vilania. Porém, os poderes do nosso herói duram pouco, pois o “super suco” deixa de fazer efeito muito rápido.

Na verdade o Super-Galo mas parece uma versão animal do herói Zorro, com o seu chapéu, capa e máscara preta, o herói empunha sua espada para vencer os inimigos.

Quem prepara o “super-suco” é o secretário e auxiliar Fred, um leão meio atrapalhado que acompanha nosso herói em todas as aventuras e acaba sofrendo muitos acidentes, inclusive, com os efeitos da explosão gerada quando o Super-Galo toma o “super-suco”. Quando vai realizar alguma atividade perigosa ou sofre algum acidente, Fred ainda tem que ouvir o Super-Galo dizer “você sabia que o emprego era perigoso demais quando o aceitou.” Os dois saem sempre no seu veiculo Galomóvel afim de combater o mal no planeta Terra, se metendo em confusões enquanto o Super-Galo cantarola seu cacarejado desafinado.

No Brasil.


No Brasil o desenho chegou no final dos anos 70 pela TV Tupi onde foi exibido até o fim da emissora, passando a integrar por muitos anos o programa Capitão Aza. Em 1984 passou a ser mostrado pela TV Record às 17h.

O desenho foi mostrado ainda entre os anos de 1996 e 1997 no Cartoon Network e no canal Tele Uno, ambos emissoras por assinatura.

Na dublagem brasileira, destaque para a voz de dois dos melhores dubladores brasileiros, Mário Monjardim no papel do Super-Galo, conhecido pelos seus trabalhos como Salsicha e Pernalonga, e Orlando Drummond  fazendo a voz do leão Fred, Orlando é mais conhecido por personagens como Scooby-Doo e Popeye.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin