Texto de abertura.

Narração: José Santanna:

Quando e onde quer que as maléficas
força do General Warhawk ameacem
os defensores da paz mundial,
só há um homem a chamar:

Eu quero que achem Rambo!

Das cidades e arranha-céus
aos desfiladeiros e montanhas inacessíveis
o campeão da Liberdade é invencível

Rambo!

Ajudado pelo gênio mecânico conhecido como Turbo
e pela mestre em disfarces chamada Kat
O íntegro protetor dos inocentes

Rambo, A Força da Liberdade!


Música em homenagem

Rambo 

Composição: Michael Sullivan, Paulo Massadas
Intérprete: Xuxa

Liberdade nós vamos conseguir
Força vida o amor esta aí
Vamos juntos sem medo de lutar
Vem comigo e o sonho então será
Esperança, vontade de vencer
Um amigo pra tudo resolver
Vamos juntos sem medo de lutar
Vem comigo e o sonho então será

Conquistar a vida inteira,
O jogo da emoção, a fibra, a garra
E a coragem do seu coração
Vem que a paz não tem fronteira
E a gente chega lá
Derrubando as barreiras
Pro mundo mudar

Rambo, Rambo, Rambo, ô, ô, ô
Rambo, Rambo, Rambo
O importante da vitória é acreditar
Rambo, Rambo, Rambo, ô, ô, ô
Rambo, Rambo, Rambo
Como o sol de um novo dia
Sempre vai brilhar.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin