Emissora: CBS.
Emissora no Brasil: TV Record, SBT e TV Aparecida.
Transmissão Original: de 12 de setembro de 1983 a 1 de fevereiro de 1986.
Duração: 22 minutos.
Temporadas: 2 (86 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: DIC Entertainment.

O Desenho.


Antes mesmo do policial Alex Murphy ter partes do seu corpo mecanizadas e se tornar um combatente do crime como Robocop, Bruno Bianchi criou o Inspetor Bugiganga (Inspector Gadget), um atrapalhado policial capaz de coisas incríveis com sua parafernália, isso se não se atrapalhasse completamente com elas.

O desenho Inspetor Bugiganga estreou no dia 1983 na LBS como produção da DiC Enterprises. A animação foi uma co-produção entre a americana DIC Entertainment, França – onde foi exibida originalmente, passando nos Estados Unidos apenas em 1987 – e Nelvana no Canadá. O trabalho de animação foi terceirizado em estúdios no Japão e Taiwan.

O desenho ficou no ar por três temporadas perfazendo um total de 86 episódios de 30 minutos.

A História.


A história do desenho gira em torno do cheio de truques John Brown, um guarda de segurança que sonhava em tornar-se o maior policial do mundo. Inepto e ingênuo, ele passou por situações inesperadas que o levaram a ser o candidato ideal para um projeto supersecreto no qual a cientista Dra. Brenda Bradford usou seu conhecimento em robótica para transformá-lo num homem de muitos talentos e acessórios.

Apesar de não ter sido aceito na academia de polícia, John Brown estava determinado a realizar seu sonho de combater o crime e após um acidente que o deixou à beira da morte ele foi submetido as experiências da Dra. Bradford que implantou em Brown 14.000 apetrechos úteis por todo o corpo e quando ele despertou era o Inspetor Bugiganga, uma máquina humana moderna de combate ao crime.

O corpo de Brown passou a possuir um lançador de foguetes, pernas de 4,20m de comprimento e um pescoço que funcionava como uma escada de bombeiro e mais uma série de engenhocas, como hélice na cabeça e mola no pescoço.

No combate ao crime o inspetor estava sempre com seu inseparável chapéu e sobretudo cinzas, além de contar com o apoio de sua sobrinha Penny de 12 anos e o seu cão predileto, o Cérebro. Dirigindo o seu Gadget-móvel ou voando com suas hélices saídas direto da cabeça, o Inspetor Bugiganga combatia o crime em Metro City com muito bom humor.

O principal vilão da cidade é o terrível e nefasto Dr. Garra e seu Gato Maluco. Garra acredita que Bugiganga o fez perder a mão e por isso vive tentando destruí-lo. A Grande sacada é que nunca podemos ver o corpo do vilão, apenas seu braço mecânico, enquanto sua mão fica batendo em sua escrivaninha.

Bugiganga recebe suas missões do Coronel Bigode, antigo membro da Legião Estrangeira Francesa, que em quase todo episódio da série termina com seu grito “Bugigangaaa!”.

 

No Brasil.


No Brasil o desenho alcançou uma grande aceitação da criançada quando foi exibido primeiramente pela Rede Record no início da década de 1990 no programa Tati Bi Tati. Na época a dublagem carioca dada ao desenho o intitulou de Inspetor Gandaia.

Mais tarde foi adquirida pelo SBT, em 1993, e exibida em programas infantis como Oradukapeta e Show Maravilha. O canal exibiu a segunda temporada com uma nova dublagem que se tornou a mais conhecida, por ter traduzido o nome do inspetor para Inspetor Bugiganga.

Nos anos 2000, a primeira temporada chegou a passar na Record. Também foi ao ar pela Rede Aparecida, através do Clubti em  2012.

Outras Versões.


O personagem Inspetor Bugiganga chegou as telas do cinema em versão com atores de verdade em dois filmes (1999 e 2003) produzidos pela Walt Disney. No primeiro filme o personagem título foi interpretado por Matthew Broderick e no segundo o intérprete foi French Stewart.

Além disso, teve um um spin-off em 2001, com a entrada de novos personagens, como os Bugiganguinis. No Brasil passou no canal Jetix e na Rede Globo no programa TV Globinho.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin