Emissora: ABC.
Emissora no Brasil: TV Tupi, TV Bandeirantes e Rede Manchete.
Transmissão Original: de 12 de setembro de 1970 a 2 de setembro de 1972.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 1 (18 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Filmation.

O Desenho.


A exemplo do que já tínhamos visto com vários astros norte-americanos que haviam tido seu próprio desenho animado, como O Gordo e o Magro, Globetrotters, Jackson Five e Gary Coleman, em 1970 chegava a ABC Will the Real Jerry Lewis Please Sit Down?, produzido pela Filmation Associates, o desenho do comediante mais careteiro que o cinema já viu, o engraçadíssimo Jerry Lewis.

Os produtores Norm Prescott e Lou Scheimer, responsáveis por uma infinidade de séries de sucesso, trabalharam para trazer um desenho que primava pelo humor puro e inteligente, características fortes dos filmes do ator, e os traços caricatos de Lewis deixavam o personagem do desenho ainda mais engraçado.

A História.


No desenho Jerry Lewis trabalhava numa na Agência de Empregos Malucos, onde ele fazia praticamente tudo. Recebendo ordens do rabugento Sr. Barra Funda, ele era enviado para as tarefas mais variadas, assim era possível encontrarmos o dedicado funcionário no espaço para consertar uma estação espacial ou até agindo como feiticeiro em uma tribo de índios.

Uma boa sacada do desenho é que vários personagens apareciam como se estivessem sendo interpretado pelo próprio Lewis, ou seja, é como se fosse um filme onde o comediante fazia vários papeis. Assim, cada personagem era mais maluco que o outro. O pai de Jerry no desenho era o Professor Lewis, “inventor e consertador”. Criou, entre outras coisas, uma máquina para viajar no tempo, uma máquina para controlar o clima e um descascador de cebolas automático. A família de Lewis era enorme e ele vivia encontrando os parentes ao longo dos episódios. Tinha a irmã de Jerry, a Geraldine, o tio detetive Hong Kong e o seu filho Tonelada; o tio Chicote, aviador da I Guerra e que às vezes esquecia que a guerra acabou; o tio Cão do Mar, capitão de navio; o primo Rodney, fanfarrão convencido e narcisista; o tio Xaveco, malandro trapalhão que tinha um comparsa, o Dedinho e o tio Ralph, tipo mal caráter e inescrupuloso.

Jerry Lewis também reservava tempo para o romance, pelo menos ele era apaixonado pela belíssima secretária da Agência de Empregos Malucos, a Ronda.

Uma galeria de personagens insólitos se juntava aos nossos amigos para desenvolver as aventuras. Um exemplo é a madame Vampirada e seu diamante e o Sr. RoshBotton. Além disso, Jerry Lewis tinha seus animais de estimação, o sapo Spot, que vivia a exclamar a palavra “besteira” e o cão Alf.

No Brasil.


Estreou no Brasil pela TV Tupi no começo da década de 70, com a dublagem em português feita pela Herbert Richers. Ficou muita tempo sem ser exibido por aqui até 1988 quando a TV Bandeirantes o colocou como uma das atrações do do programa infantil O Circo da Alegria.

Em 1990 o desenho foi exibido na extinta Tv Manchete, em programas como O Clube da Criança e Lupu Limpim Clapla Topo até 1994.

Mário Monjardim dá um show na dublagem brasileira, realizada pela Herbert Richers, ao interpretar, a exemplo da versão original, quase todos os personagens do desenho. Com isso lança mãos dos mais engraçados falsetes para não perder a graça e originalidade.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin