Emissora: CBS.
Emissora no Brasil: Rede Manchete, Rede Bandeirantes e Boomerang.
Transmissão Original: de setembro de 1980 a 12 de setembro de 1982.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 1 (16 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Hanna-Barbera Productions.

O Desenho.


Desenho de grande repercussão na década de 1980, A Família Drácula (Drak Pack) estreou no dia 6 de setembro de 1980, trazendo personagens que antes eram mostrados para assustar, agora como divertidíssimas figuras que além de causar risos eram na verdade os heróis da série.

Produzido pela subsidiária australiana da Hanna-Barbera com base, em grande parte, nas séries de Monstros, a premissa do desenho era semelhante a de uma série de 1976 chamada Esquadrão Monstro, que especulou-se ter inspirado o desenho. No entanto, também poderia se argumentar que ambos foram inspirados no desenho animado de 1972 chamado Monstros Camaradas.

A Família Drácula primava pelo ritmo ágil e pelo bom humor das histórias, principalmente nas cenas protagonizadas pelos vilões, com destaque para o Sapão, talvez o personagem mais carismático do programa.

Apesar da boa repercussão o desenho durou apenas 16 episódios, sendo cancelado no dia 12 de setembro de 1982.

A História.


O desenho narrava o dia a dia de um grupo de amigos bem estranhos e engraçados, formado por três adolescentes, descendentes dos monstros mais conhecidos do cinema e da literatura.

O jovem Drác Jr. era sobrinho do assustador Conde da Transilvânia, por isso podia além do voar, mudar sua forma, e usar sua telecinesia para mover objetos; já o inocente Frankie tinha parentesco com o Monstro do cientista Frankenstein, assim tinha a capacidade de liberar descargas elétricas e possuía uma grande força; enquanto o pequeno Lobão, descendente do feroz Lobisomem, possuía um uivo supersônico e um super sopro capaz de derrubar tudo a sua frente.

O grupo se encarregava de reparar as ações pecaminosas que seus antepassados fizeram contra a humanidade e de enfrentar os planos maquiavélicos do Dr. Terror o líder do sindicato O.G.R.E., “Organization of Generally Rotten Enterprises” (Organização das Empresas Ordinariamente Desagradáveis).

Com o seu “Terrorgível” o vilão tinha ajudantes também baseados em personagens de histórias de Horror, entre eles a Vampira, que tinha poderes similares a Drak e um amor platônico por ele; Múmia, com sua super força e bandagens que se esticavam; a nojentinha Mosca que falava zumbindo e podia voar; e o Sapão, o capacho do Dr. Terror com aquela sua frase de efeito: “Mal sapão! Mal sapão!”.

Bastava o Dr. Terror tencionar colocar algum plano seu em prática que o trio de heróis, que inicialmente apareciam como serem humanos normais, invocava seus poderes através do “Brado Drácula”, batendo as palmas de suas mãos ao mesmo tempo e gritando “Dracoooo! (Wacko no original)”, pegavam seu Draco-móvel e partiam para combater os planos do vilão.

A transformação do trio era um dos momentos mais aguardados pela criançada. A Família Drácula recebia suas missões do bisavô do Conde, o Draculão (conhecido pela família como o Grande D).

No Brasil.


No Brasil o desenho marcou bastante a criançada quando foi exibido pelo Clube da Criança da Rede Manchete. Depois esteve em outros programas da emissora como Lupu Limpim Clapla Topo e Nave da Fantasia.

Anos mais tarde A Família Drácula passou a ser exibido pela Rede Bandeirantes e no canal a cabo Boomerang.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin