É um desenho animado que mostra um veterinário com o dom de se comunicar com os animais. Ele viaja o mundo com o intuito de auxiliar os bichos.

Emissora: NBC.
Emissora no Brasil: TV Cultura e TV Tupi.
Transmissão Original: de 12 de setembro de 1970 a 2 de setembro de 1971.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 1 (17 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras:
DePatie-Freleng Enterprises.

O Desenho.


Baseado na série de livros infantis de Hugh Lofting o estúdio Depatie Freleng lançou em 1970, em associação com Paul Harrison e Lennie Weinrib, a animação As Aventuras do Dr. Doolittle (The Further Advenntures of Dr. Doolittle). O programa teve a direção de Hawley Pratt e Oscar Dufau e procurava aproveitar o sucesso alcançado pelo filme musical de 1967 dirigido por Richard Fleischer.

.

O desenho apesar de ter os traços simples e ser limitado com relação aos cenários, possuía boas histórias escritas por Paul Harrison, Lennie Weinrib e Hugh Lofting, que aproveitavam o melhor dos elementos criados por Lofting para compor os episódios. Os enredos, porém, continham estereótipos da tripulação de piratas, considerados por muitos na época como politicamente incorretos, dessa forma prejudicou sua distribuição em syndication por um período.

Uma nova versão da música “Talk to the Animals”, ganhadora do Oscar de Melhor Canção Original pelo filme Dr. Dolittle em 1967, era usada durante os créditos iniciais do show. ela foi adaptada por Hal Smith and Lennie Weinrib.

 

A História.


O desenho conta a história do médico de animais chamado Doutor Doolittle, que além de dedicar carinho aos bichinhos possuía uma grande particularidade, ele era capaz de falar a língua de diversos animais, dessa forma decidiu viajar ao redor do mundo para ajudá-los.

Em suas missões ele recebia o auxílio do jovem marinheiro Mestre Teimoso, a quem ele chamava carinhosamente de “Guri”. Teimoso também podia falar com os animais, provavelmente depois que recebeu aulas com o próprio  Dolittle.

Os dois viajavam em companhia de uma tripulação formada por animais:  Xuxú, o macaco marinheiro do navio;  Deb Mental, uma pata que também era a cozinheira; o papagaio Polinesa;  Puxe-me e Puliu, duas cabeças de cavalo em extremidades opostas do seu corpo que servia como vigias do navio;  Tutú, o sábio coruja; e  Jip o cachorro. Além disso uma divertida banda formada por grilos, liderada por Jorge, de dentro da caixa de remédios,  costumava tocar algumas canções que animavam os episódios.

Onde quer que o navio de Doctor Dolittle fosse era sempre perseguido por um submarino que abrigava um grupo de piratas chefiado pelo João Margina. Os capangas completamente atrapalhados eram o Ciclope, um corpulento sujeito que usava um tapa-olho; Zig-Zag, um baixinho francês muito irritado; Yoko, um pirata italiano; e Miko, um pequeno e velho pirata chinês. Todos se trajavam com uma mistura incomum de piratas e gângsteres antiquados. O principal intuito do grupo era conseguir descobrir o segredo para falar com animais.

 

No Brasil.


Doutor Dolittle alcançou uma boa repercussão no Brasil quando foi lançado em 1973 pela TV Cultura aos domingos. No Rio o desenho era apresentado na TV Tupi  às 15h.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin