Emissora: Rede Globo e Viva.
Transmissão Original: de 11 de abril de 1999 a 29 de dezembro de 2002.
Duração: 30 minutos.
Temporadas: 4 (179 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Rede Globo.

A Série.


A série Sandy & Júnior estreou no dia 11 de abril de 1999,  protagonizada pela dupla de cantores filhos de Xororó, aproveitando a grande aceitação dos dois irmãos junto ao público adolescente na época. O seriado mostrava com humor o cotidiano, os problemas e as aventuras de uma turma de jovens numa grande escola.

Até março de 2002, a ação do seriado se passava no colégio, Cema – Centro Educacional Mário de Andrade, onde a turma enfrentava novos desafios enquanto se divertiam entre festas e paqueras.  As gravações do programa eram realizadas em uma escola de verdade em Campinas, no colégio Liceu Salesiano. Um dos cenários mais utilizados era o trailer do personagem Basílio, que servia de ponto de encontro dos jovens à noite.

A cantora que dá nome ao programa, juntamente com o seu irmão Júnior, era a protagonista do seriado. Sandy interpretava a boazinha da turma que estava sempre a favor do bem e do coração. Ela era uma espécie de líder da turma, meiga, inteligente e conciliadora. Porém, apesar de ser a principal, na maioria dos episódios não era Sandy o tema abordado. Já o Júnior era o brincalhão e o amigo da Turma do Cema, estava sempre ao lado da irmã Sandy enquanto conquistava as gatinhas do colégio. Ele era um adolescente articulado e solidário, além de DJ da rádio da escola.

Um grupo de jovens liderados pelo personagem Boca (Igor Cotrin) fazia de tudo para atrapalhar as boas intenções dos amigos de Sandy e Júnior. A partir desses confrontos surgiam diversas situações em que se contrapunham o bem e mal, o certo e o errado. No decorrer e ao fim de cada episódio, a dupla de cantores apresentava um clipe musical relacionado a história exibida.

Entre os jovens havia tipos como o galã Gustavo (Paulo Vilhena), a mimada Patty (Fernanda Paes Leme), e o tímido Basílio (Wagner Santisteban). Na equipe de professores também figuram os liberais, como Rebeca (Adriana Lodoño), e os mais exigentes, como Elvira (Cidinha Milan), todos comandados pelo diretor Camilo (Geraldo Blota Filho), grande aliado dos alunos.

Em 2000, entra para a escola a dupla Talita (Talita Cantori) e Duda (Vítor Morosini), ambos de 10 anos, alunos do ensino fundamental. Juntos, os dois passam a criar muitas confusões para Sandy, Júnior e seus amigos.

Em 2002, o seriado Sandy & Júnior iniciou uma nova temporada, com redação final de Ronaldo Santos, texto de Charles Peixoto, Manuela Dias e Thereza Falcão. O cenário deixa de ser o colégio Cema, e as histórias passam a se desenvolver num condomínio na cidade do Rio de Janeiro. Na nova fase, Sandy e Júnior estão na universidade – ela faz psicologia; e ele, música – , são artistas famosos filhos de Xororó e Noely, como na vida real. Agora os personagens são quase adultos, têm sua própria casa e cuidam da própria vida. O programa aborda as temáticas do universo jovem, como conflitos de geração, divergências entre grupos de amigos, romances e muita música.

Como os episódios custavam em torno de R$ 150 mil cada um, o seriado era quase uma sitcom. Afinal, o foco das tramas eram a intimidade dos personagens. No apartamento que Patty (Fernanda Paes Leme) dividia com Bete (Karina Dohme) e Bebel (Camila dos Anjos), por exemplo, o público via a diferença entre as meninas: a folgada, a desastrada e a responsável até demais, respectivamente.

Juliana Knust e Graziella Schmitt eram as irmãs Leila e Laila, sobrinhas da síndica do condomínio, Marlene (Malu Pessin). A chegada da nova turma deixou os moradores mais antigos, como Nico (André Cursino), Tony (Edward Boggis) e Yoko (Danielle Sozuki), mortos de ciúme.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin