Emissora: NBC.
Emissora no Brasil: TV Tupi, TV Record e Rede Globo.
Transmissão Original: de 17 de setembro de 1968 a 23 de março de 1971.
Duração: 24 minutos.
Temporadas: 3 (86 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Hancarr Productions Inc e Savannah Productions Inc.

A Série.


No dia 17 de setembro de 1968, estreou na NBC o seriado Julia, que ficou marcado por ser um dos poucos da TV americana a apresentar uma atriz negra como protagonista. Na verdade, desde a década de 1950, quando Ethel Waters fez uma empregada doméstica em Beulah, que uma atriz negra não protagonizava um seriado, ainda assim Ethel Waters, foi substituída por Louise Beavers (branca) nas temporadas finais. Por isso, Júlia chegou num momento importantíssimo, já que foi introduzida na programação da NBC durante o período de crescente ativismo entre os negros americanos que reivindicavam direitos civis na sociedade.

A série, que a princípio recebeu o nome de Mama´s Man, ficou no ar durante quatro temporadas, totalizando 86 episódios. A produção ficou a cargo de Hal Kanter e foi cancelada no dia 25 de maio de 1971, quando já não mostrava mais bons roteiros.

Julia colecionou muitas críticas preconceituosas durante o período em que esteve no ar. O padrão de vida levado por Júlia era contestado, com base em que uma enfermeira com baixos salários não poderia levar uma vida tão boa quanto a mostrada na série. Na verdade, o grande público abraçou muito bem o seriado, levando em conta que as histórias além de divertidas, mostravam que pessoas de raças diferentes podiam sim se dar muito bem e que uma mulher sem marido e negra era forte o suficiente para enfrentar qualquer dificuldade.

 

A História.


O seriado narrava a história de Julia Baker, uma enfermeira madura, inteligente e independente, pronta para enfrentar as situações mais complicadas. Julia era a viúva de um piloto da guerra do Vietnã que morreu em um acidente de helicóptero. Mãe do menino Corey de 6 anos de idade, ela teve que se mudar para Los Angeles à procura de emprego para sustentar a família e acabou indo trabalhar no departamento médico da “Indústria Astrospace”.

Em seu trabalho precisava aguentar o mal humor do seu chefe Dr. Chagley, que na verdade, mesmo sendo briguento, tinha um bom coração e por isso acabou se tornando um dos grandes amigos de Julia. O principal alvo de Chagley era a enfermeira Hanna Yarby, que também não dispensava uma confusão e por isso os dois protagonizavam algumas discussões bem ásperas durante a série.

Julia morava em um apartamento de classe média e tinha como vizinhos os Waggedorns, onde a confusa matriarca Marie acabou se tornando também uma grande amiga e confidente sempre disposta a ajudar Julia. Marie era conhecida por suas trapalhadas, onde as coisas mais simples, como alguns afazeres na cozinha, acabavam se tornando uma grande confusão.

Marie era mãe de Earl J. Waggdorn, um menino tão confuso quanto sua mãe e que sempre se apresentava falando o seu nome inteiro. Earl tornou-se o grande amigo de Corey e os dois garotos aprontavam grandes bagunças no prédio.

Durante a série, Julia teve vários interesses românticos; dentre eles Paul Cameron (1968 – 1970); e Steve Bruce (1970 – 1971). Antes de Paul, Julia namorou Ted Newman.

 

No Brasil.


A série estreou no Brasil em 1969 pela TV Tupi, e também foi reprisada nas décadas seguintes pela TV Record e TV Globo.

Carroll visitou o Brasil em 1969, num evento da Twentieth Century Fox no Rio de Janeiro.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin