Emissora: CBS.
Emissora no Brasil: TV Bandeirantes.
Transmissão Original: de 16 de setembro de 1977 a 6 de fevereiro de 1978.
Duração: 60 minutos.
Temporadas: 1 (14 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Goff-Roberts-Steiner Productions e MGM Television.

A Série.


Em 1976 Ben Roberts e Ivan Goff basearam-se num livro de William F. Nolan e George Clayton Johnson e lançaram um longa-metragem de ficção científica intitulado Fuga do Século 23. O filme fez tanto sucesso que Roberts e Goff, também criadores da série As Panteras, resolveram continuar a história na televisão numa série, produzida para a rede de TV americana CBS, que aqui no Brasil recebeu o nome de Fuga nas Estrelas. Entre os roteiristas estavam Dorothy C. Fontana (de Jornada nas Estrelas) e o escritor Harlan Ellison (A Noviça Voadora).

Mesmo com um elenco primoroso e roteiros de primeira linha, a série não fez sucesso e foi cancelada depois de apenas 14 episódios. O androide REM (interpretado pelo ator Donald Moffat), criado para aproveitar a popularidade dos robôs de Guerra Nas Estrelas, sendo a única coisa que conseguiu chamar a atenção das crianças.

Fuga das Estrelas usou os figurinos para os uniformes e armas usadas no filme original. Mort Rabinowitz trabalhou como diretor de arte. O episódio piloto também contou com muitas miniaturas e efeitos visuais do filme. O programa foi um dos primeiros a usar imagens geradas por computador para criar os efeitos visuais.

Os veículos utilizados para o filme foram desenhados por Dean Jeffries Auto Styling. Estes foram usados em outros programas de TV após o cancelamento da série, incluindo CHiPs , e foram também reaproveitados em filmes como Spaceballs e Ice Pirates.

 

A História.


A história se passa no ano 2318 (diferente do filme que é em 2274), onde depois da Segunda Guerra Mundial a Terra foi devastada por dois séculos por um cataclisma nuclear e os humanos se abrigam no subsolo para escapar da atmosfera tóxica do planeta. Eles residem numa grande cidade ultramoderna dentro de redomas de cristal. Dentro dela, a população goza de total felicidade e qualidade de vida graças à mecanização de alta tecnologia.

Mas esse mundo perfeito esconde algo terrível: ao atingir 30 anos (no livro essa idade era 21 anos, sendo alterada para a adaptação cinematográfica por causa da escolha do elenco), os “relógios da vida” dos habitantes teriam que ser renovados no curioso e psicodélico “Ritual do Carrossel”, essa foi a solução encontrada para o problema da superpopulação, a exterminação dos seres humanos com tal faixa etária. Assim, ninguém nunca viu um velho na cidade e nem sabem como eles são, por isso há desconfianças de que o “Carrossel” não passa de um plano para manter todos jovens na cidade.

Aqueles que portam uma medalha com a cruz Ansata, acreditam que a superfície já está limpa e que um lugar chamado Santuário abrigará todos os habitantes, inclusive quem tiver mais de 30 anos. Jessica (Heather Menzies) é uma dessas pessoas, embora ninguém que tenha escapado da Cidade dos Domos voltou para confirmar ou negar a lenda. Prestes a tentar sua fuga através da cidade velha, Jessica e outros rebeldes são perseguidos pelos Guardiões do Sono; ela sobe por uma passagem da cidade velha e ganha a liberdade.

Porém o policial Logan (Gregory Harrison), Guardião do Sono, um guarda de elite que patrulha a cidade totalmente administrada por uma cabala secreta de homens velhos, precisa capturá-la e também usa a passagem até a superfície, onde encontra um ar perfeitamente respirável. Jessica o convence a juntar-se a ela na procura do Santuário para assim salvar seu povo da morte sem sentido. Eles enfrentam muitos perigos, como um robô assassino e um grupo de revolucionários, mas têm a ajuda do androide REM e passam a  viajar num veículo que flutuava sobre um colchão de ar.

 

No Brasil.


Fuga das Estrelas estreou na televisão brasileira pela Rede Bandeirantes no final de 1979 sendo exibido às 18h toda segunda-feira. Na ocasião a série figurou no canal mudando algumas vezes de horário e dia de exibição, mas sempre no período vespertino, onde permaneceu até 1981, quando saiu da programação brasileira.

Apenas em 1986 retornou à televisão no Brasil, mais uma vez pela TV Bandeirantes, agora ocupando o horário das 17h.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin