É uma serie clássica musical, exibida nos anos 60, com Fleegle, Drooper, Bingo e Snorky dançando e apresentando desenhos animados.

Emissora: NBC.
Emissora no Brasil: TV Tupi, TV Record, TV Rio, TV Bandeirantes, Cartoon Network e Boomerang.
Transmissão Original: de 7 de setembro de 1968 a 5 de setembro de 1970.
Duração: 45-48 minutos.
Temporadas: 2 (31 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Hanna-Barbera Productions.

A Série.


The Banana Split Show foi um programa inovador, que deu início a uma série de programas, com bonecos e pessoas fantasiadas.

A série surgiu quando a Hanna-Barbera decidiu criar um desenho animado chamado The Banana Bunch, mas nove meses antes de começarem a produzir o desenho, acreditaram que seria mais viável transformar os personagens em bonecos interpretados por atores fantasiados, surgia assim uma série repleta de trapalhadas e muitos desenhos e séries.

The Banana Splitz Adventure Hour, também é considerada uma das primeiras produções da Hanna-Barbera, onde William Hanna e Joseph Barbera receberam créditos como produtores executivos. As aventuras dos Banana Splits continuaram em histórias em quadrinhos pela Gold Key, que começou a publicar uma versão que permaneceu entre 1969 a 1971, num total de oito números.

A primeira temporada do seriado foi um sucesso, já a segunda não obteve os mesmos resultados, pois as crianças achavam estar vendo reprises, já que os cenários eram os mesmos, só os diálogos eram diferentes. Em meados dos anos 70, 187 episódios da série foram editados para meia hora de duração.

Para a primeira temporada, alguns segmentos em live-action foram realizadas no Six Flags Over Texas, um parque de diversões localizados em Arlington, no Texas. Já para a segunda temporada as filmagens ocorreram no parque de diversões em Coney Island, localizada no leste de Cincinnati, em Ohio. Em muitos episódios, o Banana Splitz também são vistos andando em outras locais como Log Flumes, Bumper Cars e Merry-Go-Rounds, entre outros.

A História.


A comédia de situações para crianças tinha o cc Eles faziam suas palhaçadas e trocadilhos em meio a clipes musicais enquanto apresentavam os desenhos dos Cavaleiros da Arábia, dos Três Mosqueteiros e o seriado A Ilha do Perigo.

As Bananas tinham inimigos, os Uvas Azedas que nunca apareciam, mas sempre mandavam uma mensagem através de uma menininha dançarina, vestida com uma microssaia púrpura, chamada Charlie. Quando não estava tocando a banda do barulho estava dirigindo seus bugs com 6 rodas, ou escutando a cabeça de alce na parede sempre falando alguma besteira. O grupo vivia trombando uns nos outros, além de esbarrar  nos móveis do lugar onde moravam juntos, uma espécie de galpão psicodélico.

O programa tinha início com uma reunião do “Clube Banana Split”, com Swingo batendo seu martelo de borracha sobre uma mesa e pedindo silêncio. O grupo então discutia os assuntos mais loucos que se pode imaginar.

O infantil mostrava quadros como “A Hora da Charada”, onde Swingo fazia perguntas aos telespectadores mirins e Bingo respondia: “Uma banana elétrica!”; em “Querido Drooper” ao lado de Bingo, Drooper respondia perguntas tolas ao ler as cartas mandadas por espectadores imaginários; o ponto alto eram os clipes musicais do conjunto, que apresentava ao público canções belíssimas em contraste com as trapalhadas no grupo durante os clipes, que podiam se passar em parques de diversões no meio de uma porção de crianças ou em cenários animados nos quais os Banana Splits eram introduzidos.

No Brasil.


Banana Splits estreou no Brasil no dia 14 de setembro de 1969 pela TV Tupi onde era exibido às 19h. Em 1972 começou a ser apresentado pela TV Record E TV Rio indo ao ar às 15h30 aos sábados.

No começo dos anos 80 começou a ser mostrado na TV Bandeirantes, onde ficou até 1984, quando foi cancelado devido à estreia do programa Clube do Bolinha. Em 1986, a TV Bandeirantes voltou a exibir apenas os desenhos que faziam parte do Banana Splits no programa infantil Banana Splits.

Na década de 90, o canal a cabo Cartoon Network reexibiu o show, porém com uma abertura editada, diferente da original. Também foi exibido no canal a cabo Boomerang em 2003.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin